Notícias

Mudanças estatutárias visam o fortalecimento do sindicato

26 de maio de 2011

Em assembleia realizada no dia 14 de maio de 2011, foram aprovadas mudanças no estatuto do Sinpro Minas. As alterações visam o aperfeiçoamento no processo democrático para tornar o Sinpro Minas, cada vez mais, uma entidade organizada, combativa e representativa dos professores.

 

Com as adaptações, o período de mandato da diretoria passa a ser de quatro anos, como a maioria dos mandatos no executivo e legislativo. Esta alteração permite maior eficiência de planejamento e execução de qualquer gestão, principalmente em uma entidade praticamente estadual que negocia com vários sindicatos patronais e tem sua base dispersa em mais de quatro mil escolas.

 

Outra alteração ocorrerá no período das eleições, que volta a ser em novembro para evitar o início da gestão no decorrer do ano letivo. Em conseqüência, a atual diretoria terá seu mandato encurtado em cerca de oito meses com a antecipação das eleições para novembro de 2011.

 

Será introduzido o sistema de “segundo turno”, na hipótese de mais de duas chapas, caso nenhuma obtenha mais de cinqüenta por cento dos votos na primeira votação. O quórum para validade das votações também passará a um terço e um quinto, respectivamente em primeiro e segundo escrutínio. O sistema de voto eletrônico poderá ser adotado nas eleições do sindicato, preservado o sigilo e a não duplicidade do voto.

 

Outras adaptações foram introduzidas ao estatuto, tais como: fortalecimento do conselho diretor (constituído da diretoria e representantes sindicais), separação do conselho fiscal e diretoria na cédula eleitoral.

 

Estatuto

 

O estatuto de um sindicato é a “carta magna”, a lei orgânica da entidade. Ele determina a estrutura que deve servir à política e a ação sindical e garante a transparência e a democracia na gestão das diretorias. Ate 1988, com a promulgação da atual Constituição brasileira, os sindicatos eram submetidos a um estatuto padrão que determinava absoluto controle estatal sobre o funcionamento das entidades, até assembleias eram acompanhadas pelo Ministério do Trabalho.

 

O Sindicato dos Professores do Estado de Minas Gerais, fundado em 1933, ao longo de sua história, sofreu várias intervenções e teve o desenvolvimento de sua ação sindical prejudicado muitas vezes. Até que foi possível promover a primeira alteração significativa de seu estatuto em 1992.

 

 Agora, transposta a primeira década do século 21, a conjuntura política econômica e social exigiu novas adaptações no funcionamento do nosso sindicato. A diretoria, ciosa de sua responsabilidade, apresentou uma proposta de adaptação estatutária que foi aprovada pelos professores em assembleia. Sintonizados com as demandas da conjuntura atual, a diretoria do Sinpro Minas instaura um novo ciclo de lutas e conquistas necessárias e vitais para a categoria.

 

 

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Eventos
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia
Varginha