Notícias

Rumo aos dias 8 e 15 de março: todos contra as reformas de Temer

Rumo aos dias 8 e 15 de março!

Com a proximidade dos dias 8 de março — Dia Internacional de Mulher — e 15 de março — data da greve geral da educação contra os ataques aos direitos trabalhistas e previdenciários, convocamos todos/as para as mobilizações. Fiquem atentos às datas das manifestações em sua cidade!

Mulheres saem às ruas em Belo Horizonte

“Aposentadoria Fica, Temer Sai. Paramos pela Vida das mulheres”. Essa será a palavra de ordem do próximo 8 de março, Dia Internacional da Mulher. A marcha desse ano, organizada por entidades dos movimentos sociais, terá como objetivo denunciar a retirada de direitos sociais promovida pelo Governo Temer, que inviabiliza a aposentadoria da população e retira direitos trabalhistas constitucionais.

Na capital mineira, a concentração será na Praça da Liberdade, a partir das 16 horas, com caminhada por algumas ruas do centro da cidade. Para a diretora do Sinpro e coordenadora da Rede Estadual de Enfrentamento à Violência contra a Mulher, Terezinha Avelar, é fundamental que todos participem da manifestação como forma de resistência a mais esta medida do governo golpista de Michel Temer.

Mulheres unidas contra a reforma previdenciária

A  diretora do Deasinpro, professora Antonieta  Shirlene, convoca todas as mulheres para uma grande manifestação contra as reformas trabalhista e previdenciária, no 08 de março –  Dia Internacional da Mulher.

Dia Internacional da mulher: Muita Luta!

A integrante da Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher de Minas Gerais, Daniela Tiffany,  convoca todas as mulheres para participar da manifestação do dia 8 de março, quando mulheres de todo  Brasil se unirão na luta contra Nenhum Direito a Menos.

Rede convoca mulheres para 08 de março!

Professoras serão afetadas pelas reformas

A Contee elaborou materiais para convocar a todos para as mobilizações dos dias  8 e 15 de março. O primeiro destina-se especificamente às professoras da educação básica, que estão entre as mais prejudicadas pela reforma da Previdência. O segundo é uma convocação geral, mostrando os ataques representados pela PEC 287 para todas as categorias.

Cartaz_Professoras unidas

Cartaz_Nenhum direito a menos 2

Marcha das mulheres será mundial

A marcha do 8 de março está sendo construída de forma unificada, em conjunto com organizações protagonistas na luta pela emancipação da mulher, como a União Brasileira de Mulheres (UBM), Marcha Mundial de Mulheres, Central Única dos Trabalhadores (CUT), Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), entre outras entidades juvenis e do movimento estudantil.

Neste ano, além dos atos que ocorrerão no Brasil, mulheres argentinas que mobilizaram o “Ni Una Menos” e estadunidenses que lutam contra as políticas de Trump, também sairão às ruas e unificarão suas bandeiras com outros países. Maria das Neves, diretora da União da Juventude Socialista (UJS) e União Brasileira de Mulheres (UBM), participa da comissão organizadora da Marcha Mundial das Mulheres e explica que a ação internacional tem como centro “apoiar e nos solidarizar, a partir das nossas pautas centrais: Reforma da Previdência, Trabalhista e Fora Temer”, diz.

A jovem considera o momento de mobilização total contra as ameças ofertadas pelo consórcio golpista. “É fato que em todo o mundo as mulheres se mobilizam, no entanto, a conjuntura brasileira impõe um contexto muito específico, a luta incondicional em defesa das trabalhadoras, neste momento seriamente ameaçadas com a Reformas do governo Michel Temer. Portanto, sairemos às ruas contra esse cenário”, avalia Maria das Neves. “A UBM está convocando toda sua militância para o próximo 8 de março. Convidaremos a juventude a parar suas escolas e universidades e toda mulher que puder participar faço o convite para marchar conosco na Praça da Sé, em SP, às 15 horas”, conclui Maria.

Com Portal Vermelho

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Montes Claros
Poços de Caldas
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia