Notícias

Contee repudia declarações do presidente e do ministro da Educação

30 de abril de 2019

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino (Contee) expressa seu repúdio pelas postagens do presidente da República, Jair Bolsonaro, em sua página no Twitter, corroborando a intenção do ministro da Educação, Abraham Weintraub, de descentralizar os investimentos para os cursos de Ciências Humanas, sobretudo filosofia e sociologia, no país.

A proposta do governo, além revelar sua profunda ignorância sobre a relevância dos estudos nas áreas, fundamentais para a consolidação da reflexão crítica, evidencia a perseguição ideológica praticada por essa gestão.

Além disso, ao contrapor os cursos de humanidades — que seriam, segundo eles, supostamente reservados a uma elite — a faculdades que “gerem retorno imediato ao contribuinte, como: veterinária, engenharia e medicina”, o presidente e o titular do MEC demonstram uma visão equivocada e tacanha dessas formações, como se alguma delas prescindisse de noções de ética e de pensamento reflexivo sobre a realidade na qual estão inseridas.

A Contee mantém sua defesa da importância do ensino de filosofia e sociologia desde a educação básica, bem como sua luta por uma educação crítica e cidadã.

Brasília, 26 de abril de 2019.

Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino — Contee

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Ponte Nova
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Teófilo Otoni
Uberaba
Uberlândia
Varginha