Notícias

Piso Salarial Estadual é tema de projeto de lei

27 de maio de 2011

Em reunião nesta quinta (26/05), representantes das principais centrais sindicais – CTB, CUT, CGTB, UGT, Nova Central e Força Sindical – receberam apoio do Secretário de Estado Trabalho e Emprego, Carlos Pimenta, ao projeto de iniciativa popular de Piso Salarial para o Estado de Minas Gerais. Gilson Reis, presidente do Sinpro Minas e da CTB Minas, esteve presente na reunião e destacou a importância dos professores da rede privada se unirem à luta pela criação do piso estadual.Durante o encontro, os representantes das centrais apresentaram estudo realizado pelo Dieese sobre o perfil do trabalhador mineiro. O encontro contou também com a participação do deputado estadual, Celinho do Sinttrocel, que tem um projeto de lei sobre o tema tramitando na Assembleia Legislativa de Minas Gerais.Após a entrega do Projeto, os representantes das Centrais evidenciaram o quanto a implementação do Piso Salarial Estadual pode contribuir para corrigir distorções salariais em todo o estado, além de colaborar para o crescimento da economia.O pisoO Projeto de Lei de iniciativa popular, se aprovado, estabelecerá cinco faixas de piso. O valor mais baixo será de R$ 650,00, para trabalhadores em empresas agropecuárias, florestais, de pesca, prestação de serviços, comércio e vendas. Aos trabalhadores de nível superior, caberá o piso de R$ 1.300,00, de acordo com os estudos do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).No último dia 23, os dirigentes das centrais sindicais engajadas na campanha, além de dezenas de trabalhadores das mais diversas categorias profissionais, realizaram o lançamento oficial da campanha, na sede do Sindicato dos Comerciários. Até o momento, já foram coletadas cerca de 3 mil assinaturas. A meta das centrais é arrecadar assinaturas de pelo menos 50 mil apoiadores. Em BH, a coleta acontece todos os dias, até 30 de junho, na Praça Sete.A proposta do Piso Salarial Estadual começou a ser debatida pelas centrais em março de 2010. A partir de um seminário, realizado no dia 16 de março, foram definidas as ações para a construção de um projeto de iniciativa popular. No último dia 2, as centrais entregaram a proposta ao governador Antonio Anastasia, que assumiu o compromisso de colocar na pauta do governo a discussão sobre o Piso. Com pisosalarialminas.blogspot.com

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Eventos
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia
Varginha