Notícias

Prêmio ambiental valoriza trabalhadores

24 de junho de 2010

A cada dia torna-se mais evidente que a responsabilidade com a sustentabilidade ambiental, a expressiva redução da devastação dos recursos naturais e o compromisso com uma agenda propositiva para a preservação da biodiversidade dos ecossistemas brasileiros, além de serem deveres do Estado, obrigações da iniciativa privada e projetos das organizações sociais, são também tarefas de todos! A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) iniciou uma campanha que incentiva as iniciativas positivas dos trabalhadores com o objetivo de transformá-las em políticas públicas.

A campanha Valorização do Trabalho com Sustentabilidade Socioambiental, da CTB, vai premiar as melhores ideias para utilização sustentável dos recursos naturais nos locais de trabalho, invertendo a lógica de exploração predatória para a utilização consciente e sustentável dos recursos naturais.

As inscrições para o prêmio vão até o dia 17 de julho. O primeiro lugar terá a sua ideia adaptada em um projeto de lei que receberá o nome do proponente no âmbito do Poder Legislativo Federal, Estadual ou Municipal.  Também haverá premiações para o segundo e terceiro colocado. O regulamento pode ser acessado no Portal da CTB: http://www.portalctb.org.br

Diante do aumento vertiginoso de denúncias de agressões à natureza, assim como da crescente privatização dos recursos naturais, o que coloca o Brasil como grande poluidor, é fundamental que a sociedade brasileira exerça o controle social da questão ambiental e lute para reverter esse quadro e garantir a valorização do trabalho com sustentabilidade socioambiental.

Para a Central, a classe trabalhadora, através de seus sindicatos e de suas organizações de base, tem uma tarefa fundamental e estratégica na busca de políticas públicas estruturantes de Estado por meio do controle social, de soluções criativas e socialmente inclusivas para a preservação dos recursos naturais que ainda existem e também para a manutenção dos postos de trabalho que geram renda nas áreas rurais e urbanas. É o grande desafio que se apresenta em um momento de grandes transformações no mundo do trabalho, de crise estrutural do sistema capitalista predominante no mundo.

É hora também de repensar e reconstruir as relações do homem com a natureza, de mostrar que a sua subsistência não exclui a sobrevivência, e de provar que a preservação dos ecossistemas não promove o atraso, ao contrário, garante o futuro e a qualidade de vida.

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Eventos
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia
Varginha