Notícias

Professores de Idiomas rejeitam proposta patronal e fazem nova assembleia

3 de julho de 2021

Na tarde dessa sexta-feira (2/7), os/as professores/as das escolas de Idiomas em todo o estado se reuniram em assembleia virtual com o Sinpro Minas para deliberar sobre a proposta apresentada pelo Sindilivre, tendo em vista um acordo para fechar a CCT 2021.

No início da assembleia foi feita uma avaliação das rodadas de negociação entre as comissões do Sinpro e a do Sindilivre. Em seguida foi apresentada a proposta patronal, que condicionou a manutenção da CCT vigente à aprovação das seguintes alterações nas cláusulas econômicas: 2% de reajuste somente a partir de setembro e 1,5% em fevereiro de 2022, sem retroatividade.

Logo após a fala da diretoria do Sinpro foi dada voz aos professores/as, que consideraram a proposta patronal muito abaixo das expectativas, da realidade da inflação e dos gastos que a categoria tem com as aulas remotas. Os/as docentes também se sentiram indignados porque não têm sido minimamente valorizados.

Assim, deliberaram pela rejeição da proposta do Sindilivre e pela autorização ao Sinpro Minas para que siga nas negociações em torno da melhoria da proposta e reafirmaram a necessidade do reajuste salarial incidir em 2021, pois as perdas têm se acumulado ao longo dos anos.

 
Nova assembleia

Sinpro convoca professores e professores dos cursos de idiomas para a assembleia virtual nesta quinta-feira, dia 15 de julho, às 18 horas.  A proposta é seguir com a discussão sobre as negociações com o SindiLivre. Participe!

Acesse este link para entrar na reunião
 
 

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Ponte Nova
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Teófilo Otoni
Uberaba
Uberlândia
Varginha