Notícias

Professores da Faculdade Finom estão em greve

O Sinpro Minas informa a toda a comunidade acadêmica que os professores da Faculdade Finom estão em greve, desde segunda-feira (10/2), em decorrência dos constantes descumprimentos dos seus direitos trabalhistas.

Os docentes reivindicam o pagamento das férias e das parcelas em atraso do FGTS, a isonomia salarial, além da regularização das demais pendências trabalhistas, mas a direção da Faculdade não apresentou, até o momento, proposta para solucionar as irregularidades. Ao contrário disso, tem feito ameaças aos professores, com a finalidade de desunir e desmobilizar a categoria.

Esse quadro de irregularidades é antigo, mas, mesmo assim, os professores mantiveram, ao longo desse tempo, todo o esforço e a dedicação à carreira docente, dentro e fora da sala de aula. No entanto, a situação atual chegou ao limite. Por diversas vezes, a categoria tentou discutir soluções e prazos com a direção da Faculdade, mas não obteve nenhum retorno.

Com essa postura, a instituição de ensino cria um ambiente de desmotivação e insegurança, pouco favorável à educação de qualidade, com prejuízos para o processo de ensino-aprendizagem. Trata-se de uma prática de desrespeito aos professores e estudantes.

Dessa forma, os professores contam com o apoio e a compreensão de toda a comunidade acadêmica, para que em breve eles possam estar novamente em sala de aula, com dignidade, respeito e valorização, em defesa de um ensino de qualidade e transformador.

Sindicato dos Professores do Estado de Minas Gerais

Foto: Fachada Finom (ParacatuNet)

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Ponte Nova
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Teófilo Otoni
Uberaba
Uberlândia
Varginha