Notícias

Professores de idiomas fecham CCT após dois anos de impasse

O Sinpro Minas e o Sindilivre/idiomas fecharam no dia 19 de dezembro a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) que prevê um reajuste referente aos três últimos anos. Em 2014 e 2015, não houve acordo entre o Sindicato dos Professores e o sindicato patronal. A proposta foi aprovada em assembleia da categoria que, diante de uma conjuntura de flexibilização da legislação trabalhista, avaliou que o acordo, mesmo sem ser o ideal, era a melhor opção para por fim ao impasse que levou as negociações, pelo terceiro ano consecutivo, ao dissídio coletivo.

O valor salário-aula-base dos professores de escolas de idiomas, vigente de 1º de maio de 2013, será reajustado em 13,5% a partir de 1º de novembro de 2016. Conforme a Convenção, poderão ser compensados todos os aumentos, antecipações ou reajustes espontâneos que tenham sido concedidos a partir de 01 de maio de 2013, salvo os decorrentes de promoção, transferência e equiparação salarial. As eventuais diferenças salariais referentes aos meses de novembro, dezembro e 13º salário de 2016 deverão ser quitadas até o pagamento do salário do mês de janeiro de 2017. A vigência da CCT vai até 30 de abril de 2018.

Veja a CCT (Clique aqui)

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Montes Claros
Poços de Caldas
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia