Notícias

Professores de idiomas rejeitam proposta do Sindilivre

7 de julho de 2015

Os professores de idiomas rejeitaram a proposta apresentada pelo Sindilivre que, além de não recompor as perdas salariais acumuladas em 2014 e 2015 e não contemplar as reivindicações da categoria, inclui cláusulas prejudiciais. A decisão foi tomada na última assembleia, realizada no dia 27 de junho, na sede do Sinpro Minas.

Nessa assembleia, os docentes também ratificaram a reivindicação de renovação da Convenção Coletiva de Trabalho firmada entre o Sinpro Minas e Sindilivre Idiomas em 04 de julho de 2012, acrescida do reajuste nos pisos salariais pelo INPC acumulado de maio/2013 a abril/2014 e, sobre esse, o INPC acumulado de maio/2014 a abril/2015.

Diante da negativa do Sindilivre Idiomas em agendar reunião com representantes do Sinpro, para tratar da questão, foi enviada correspondência por e-mail em 03/07 e protocolizada no dia 06/07. O sindicato dos professores aguarda retorno do patronal.

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Eventos
Geral
Mundo
Opinião
Opinião Sinpro Minas
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia
Varginha