Notícias

Professores do Centro Universitário Izabela Hendrix entram em greve

10 de fevereiro de 2020

Em assembleia realizada nesta segunda-feira (10/02), os/as professores/as do Centro Universitário Izabela Hendrix, decidiram por unanimidade paralisar as atividades docentes por tempo indeterminado, em função dos constantes descumprimentos dos direitos trabalhistas.

Até o presente momento, os/as docentes não receberam os salários de dezembro, as férias (mais 1/3) e o 13º salário, e muitos sequer receberam o vencimento de novembro.

Esse quadro de descaso se arrasta há anos, com atrasos no pagamento de salários e descumprimento de outros direitos básicos, como a falta de depósito do FGTS. 

Os/as professores/as, por várias vezes, tentaram negociar prazos e soluções com a direção da instituição de ensino, mas ela não tem se posicionado acerca da resolução das irregularidades – muito pelo contrário, investe na falta de transparência e na tentativa de desunir o conjunto dos professores. 

A instituição apresentou uma proposta que não atende às demandas da categoria e, por isso, foi recusada em assembleia realizada no último dia 03 de fevereiro. Os/as professores/as apresentaram uma contraproposta, o Sinpro Minas solicitou uma reunião com a direção, mas até o momento, o Instituto não se posicionou.

Os/as professores/as seguem em assembleia permanente e se reunem nesta terça-feira (11/02), às 18h30, na sede do Sinpro Minas.

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Eventos
Geral
Mundo
Opinião
Opinião Sinpro Minas
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia
Varginha