Notícias

Professores do Norte de Minas fazem assembleia neste sábado (28/5)

27 de maio de 2011

Os professores das escolas particulares do Norte de Minas realizam assembleia neste sábado (28/5), às 9 horas, na Câmara Municipal de Montes Claros (Av. João Luis de Almeida, 40), para debater os rumos da campanha reivindicatória 2011.Os docentes estão mobilizados pela garantia dos seus direitos. Eles enfrentam a precarização das condições de trabalho e o desrespeito dos donos de escolas que se negam a aceitar as reivindicações da categoria.

De acordo com a diretoria do Sinpro Minas, a hipótese de paralisar as atividades na região não está descartada. Diretores e funcionários do sindicato iniciaram uma série de visitas às escolas da região para debater os problemas educacionais com a categoria. Também estão previstos atos públicos para chamar a atenção da sociedade em relação à situação crítica da educação privada em Montes Claros e nos municípios de abrangência do Sinepe/Norte. ReivindicaçõesOs professores exigem a assinatura de uma Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) que contemple as reivindicações da categoria. Entre as principais exigências dos docentes destacam-se: reajuste de 12%, equiparação dos pisos da educação infantil, regulamentação da educação a distância e mudança da data-base para 1º de abril.

O sindicato patronal se recusa a fechar um acordo. Essa situação se arrasta desde que o Sinepe Norte foi instituído na região, há quase quatro anos. Na última rodada de negociação, em março deste ano, não houve avanços. O Sinepe não apresentou proposta de reajuste salarial e reafirmou a intenção de reduzir conquistas históricas, como a garantia de empregos, irredutibilidade, salário do professor substituto, bolsas de estudo e isonomia salarial. O patronal também insiste em rever o conceito de professor, previsto na CCT. Os professores, no entanto, não admitem alterações conceituais.   

Em uma demonstração de força da categoria, os professores realizaram movimentos vitoriosos em diversas regiões de Minas Gerais, no início do ano. Em Belo Horizonte, os docentes paralisaram as atividades por oito dias e, com isso, conquistaram reajuste salarial de 8% e a renovação dos direitos previstos na CCT.

Assembleia de professores de escolas particulares do Norte de Minas 28 de maio (sábado) – 9 horas

Câmara Municipal de Montes Claros(Av. João Luiz de Almeida, 40 – Centro)  Participe e fortaleça a luta pela melhoria das condições de trabalho e pela qualidade da educação!

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia
Varginha