Notícias

Professores do Sesi rejeitam proposta patronal

7 de junho de 2023

Em assembleia nessa terça (6/6), professores do Sesi recusaram a proposta patronal da Fiemg, de reajuste dos salários apenas pelo índice da inflação (3,83%). De acordo com a categoria, esse percentual não recompõe as perdas salariais. Em 2020, por exemplo, os docentes do sistema Sesi não tiveram nenhum reajuste.

A categoria reivindica, entre outras coisas, a regulamentação do ensino híbrido, um ganho real e um aumento maior para os professores do Infantil e Fundamental 1 (PA), com o objetivo de equiparar os salários deles aos dos docentes do Fundamental 2 e do Ensino Médio (PB).

Essa pauta, no entanto, tem sido ignorada pelo patronal nas reuniões de negociação. Eles querem renovar o atual Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) sem a inclusão de outros direitos, que representam valorização profissional e atendem às novas realidades da educação e do mundo do trabalho.

Professores relataram durante a assembleia estarem sobrecarregados, devido ao excesso de atividades escolares e de exigências relativas a cursos de formação e reuniões pedagógicas.

Sobre a formação para o Sesitec e para a escola bilíngue (Oxford), os professores pediram ao sindicato mais informações acerca da carga horária exigida, por considerá-la muita extensa.

Uma nova assembleia será realizada em breve pela categoria, depois da próxima rodada de negociação com o patronal. O dia, local e horário serão informados no site e nas redes sociais do Sinpro Minas.

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia
Varginha