Notícias

Professores do Sudeste de Minas rejeitam proposta patronal

15 de março de 2024

Em assembleia nessa terça-feira (12/3), professores de escolas particulares do Sudeste de Minas rejeitaram por unanimidade a proposta patronal para a campanha reivindicatória deste ano.

Os donos de escolas na região ofereceram um reajuste de apenas 3,5% – índice abaixo da inflação oficial, medida pelo INPC (3,82%). Como se não bastasse, eles ainda querem retirar da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria a cláusula de bolsas de estudos e alterar a data de pagamento do salário dos docentes.

Uma nova rodada de negociação foi agendada para o dia 20 de março, e a próxima assembleia será marcada em breve, para discutir o rumo das mobilizações por melhores condições de vida e trabalho dos professores da região.

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Eventos
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia
Varginha