Notícias

Regional Cataguases do Sinpro suspende atendimento após enchente

10 de janeiro de 2012

O Sinpro Minas informa que sua sede regional em Cataguases foi atingida pela enchente ocorrida no dia 2 de janeiro. O atendimento aos professores da região está suspenso temporariamente por falta de condições de funcionamento. As fortes chuvas que alagaram a cidade deixaram grandes prejuízos para a população e também para os professores. A sede foi completamente alagada, pois a água chegou a 2 metros de altura no imóvel. Com isso, computadores, móveis e arquivos foram danificados. Uma das funcionárias da regional, Polyana Mendes, quando soube que o nível do rio estava subindo muito rápido, se arriscou debaixo de chuva, já com a água pela cintura, e conseguiu salvar três CPUs, onde havia informações importantes do sindicato na localidade.Depois que a água baixou, foi feita a limpeza do local e constatada a necessidade de suspensão do atendimento da sede. Sem material de trabalho, equipamentos, telefone e energia, não é possível manter a sede funcionando.A diretora da regional, Josiana Pacheco, lamentou o ocorrido e informou que o sindicato está tomando todas as providências para reestabelecer o atendimento o mais rápido possível. Segundo ela, a partir do dia 23 de janeiro, o sindicato vai funcionar provisoriamente em uma sala gentilmente cedida pelo Sindicato dos Servidores Públicos de Cataguases (Sinserpu), que funciona na praça Rui Barbosa, no centro da cidade.A previsão é que seja possível, a partir dessa data, realizar as homologações previamente agendadas e atender à demanda de distribuição de bolsas nesse local provisório, até que a sede do Sinpro em Cataguases seja reestruturada. O Sinpro Minas agradece a compreensão dos professores e as manifestações de apoio recebidas nos últimos dias.Enchente em CataguasesO município de Cataguases decretou no dia 3 de janeiro estado de calamidade pública. Segundo a Defesa Civil, são 850 pessoas desabrigadas, cerca de 8 mil desalojadas e aproximadamente 30 mil pessoas afetadas pela enchente que atingiu a cidade no segundo dia do ano. Abrigos foram montados em escolas do município. O acesso à cidade continua difícil, pois as estradas foram afetadas e a chuva continua na região.
 
Doações
Vários locais estão recebendo doações (roupas, alimentos, produtos de higiene, etc) para os atingidos pelas chuvas em todo o estado. Confira abaixo alguns pontos de recebimento:

  • Assembleia Legislativa de Minas GeraisRua Rodrigues Caldas, 30, bairro Santo Agostinho. Outras informações pelo telefone (31) 2108-7800.
  • Cruz Vermelha em Minas Gerais Rua Alameda Ezequiel Dias, 427, Centro de Belo Horizonte (atrás do Parque Municipal). Outras informações pelo telefone telefone (31) 3239-4200;
  • Arquidiocese de Belo Horizonte Rua Além Paraíba, 208, bairro Lagoinha – Belo Horizonte. Outras informações pelos telefones: (31) 3422-7141 ou (31) 3428-7943;
  • Corpo de Bombeiros e Polícia Militar. Clique aqui e confira as unidades e batalhões no estado.

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Eventos
Geral
Mundo
Opinião
Opinião Sinpro Minas
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia
Varginha