Notícias

Salário mínimo não terá aumento real em 2020

2 de setembro de 2019

O governo Bolsonaro reduziu para R$ 1039 a previsão de salário mínimo para 2020 no Projeto de Lei Orçamentária Anual (Ploa).

O valor não representa aumento real em relação ao salário mínimo deste ano, que é de R$ 998.

Considera-se aumento real aquele além da inflação; quando um valor é corrigido apenas pela inflação, significa que houve apenas manutenção do nível já existente, considerando a alta no custo de vida.

Quando apresentou o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO), o governo estimava o salário mínimo de 2020 em R$ 1040.

O governo Bolsonaro também reduziu a expectativa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do ano que vem, de 2,74% para 2,17%.

Bolsonaro reverte, portanto, uma política de valorização do salário mínimo executada pelos governos do PT. Em 2007, o modelo de reajuste passou a levar em conta o resultado do PIB de dois antes mais a inflação do ano anterior, pelo INPC. Ou seja, sempre que houvesse crescimento da economia, haveria ganho real do salário mínimo.

Fonte: Conversa Afiada

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Eventos
Geral
Mundo
Opinião
Opinião Sinpro Minas
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia
Varginha