Notícias

Sindicato melhora proposta para os professores da Estácio de Sá

15 de julho de 2009

Conforme a determinação da Justiça do Trabalho, na ação movida pelo Sinpro Minas, que suspendeu as demissões na Estácio de Sá, foi realizada nesta quarta-feira (15/07), uma reunião entre representantes do sindicato e da instituição de ensino. Além dos direitos previstos na CLT, os professores que quiserem ser dispensados terão direito à indenização adicional equivalente a 20% da remuneração mensal por ano trabalhado.

Ficou prorrogado até o dia 17/07 o prazo para os professores se manifestarem, pessoalmente, perante o Sinpro Minas sobre o interesse na rescisão do contrato de trabalho. Na negociação, a Estácio de Sá se compromete a considerar sem justa causa todas as dispensas de professores que forem realizadas no período de 15 de junho a 31 de julho de 2009, inclusive com todos os benefícios de uma dispensa imotivada.

Para esclarecer e discutir a proposta, o Sinpro Minas convoca os professores da Estácio de Sá para uma assembleia na próxima sexta-feira, 17 de julho, às 16 horas, na sede do Sinpro Minas (Rua Jaime Gomes, 198 – Floresta). No dia 20/07, acontece uma audiência de conciliação no TRT.

 

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia
Varginha