Notícias

Sinpro manifesta repúdio à declaração do deputado João Leite

23 de novembro de 2017

O Sinpro Minas manifesta sua indignação e repúdio contra as acusações feitas pelo deputado estadual João Leite (PSDB), nesta quarta-feira, 22/11, no plenário da Assembleia Legislativa, contra a Frente Nacional Contra a Censura (FNCC).

A Frente criada na terça-feira, 21, no Palácio das Artes em Belo Horizonte, visa o combate à censura e a defesa das artes e da liberdade de expressão no país, e é composta por artistas de todas as áreas, movimentos sociais, grupos de mulheres, sindicatos, parlamentares de esquerda, jornalistas, professores, produtores culturais, estudantes etc. A Frente se apresenta como uma resposta às inúmeras tentativas de grupos moralistas e fascistas, que apoiaram o golpe de 2016 (como o Movimento Brasil Livre – MBL), de censurar várias iniciativas artístico-culturais em todo o país, nos últimos meses.

O deputado João Leite, como parte deste movimento conservador, atacou gravemente todas as pessoas da Frente quando, em plenário, chamou seus participantes de “pedófilos”. Usando do seu espaço privilegiado, o parlamentar fez acusações falsas e graves que merecem o repúdio de todos aqueles que lutam pela democracia e pela liberdade.

O Sinpro, como membro da Frente Nacional Contra a Censura, vem a público manifestar sua indignação com a posição do parlamentar e reafirmar que não aceitará acusações infundadas e nem a censura que quer retirar o direito de expressão e manifestação do povo brasileiro.

#CensuraNuncaMais #ArteLivre

Sinpro na luta contra a censura e pela democracia!

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Ponte Nova
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Teófilo Otoni
Uberaba
Uberlândia
Varginha