Notícias

Sinpro Minas assina a Convenção Coletiva de Trabalho do Triângulo Mineiro

29 de agosto de 2023

Em assembleia realizada no dia 18 de agosto, os professores e professoras das escolas privadas do Triângulo Mineiro decidiram, por unanimidade, a aprovação de acordo firmado entre o Sinpro Minas e o Sinepe TM.  AS bases gerais da nova Convenção Coletiva de Trabalho são as seguintes:

Manutenção de todas as cláusulas sociais. O Adicional por Tempo de Serviço (ATS) deve ser incorporado ao salário do professor no mês seguinte a ter completado o quinquênio. As Bolsas de Estudo serão concedidas seguindo os mesmos critérios da CCT anterior. Outras cláusulas, como Adicional Extraclasse e atestados médicos, também seguem as mesmas regras da convenção anterior. O Dia dos Professores será comemorado em 13 de outubro, não havendo aulas nesse dia.

Recomposição Salarial:

Educação Básica: 5% de reajuste dos salários a partir de 1 de agosto. 3% de reajuste a partir de 1 de novembro. Quatro abonos de 5% a serem pagos nas folhas de setembro, outubro, novembro e dezembro. As escolas que já concederam antecipações em valor igual ou superior a 5% desde abril de 2023 não necessitam de pagar o abono. Escolas que concederam antecipações inferiores a 5% desde abril de 2023 ou concederam antecipações após abril de 2023 devem efetuar o pagamento de quatro abonos de forma a completar 20%. Todos os reajustes e abonos serão calculados sobre o salário de março de 2023.

Educação superior: 4,36% de reajuste a partir de 1 de agosto. Pagamento de quatro abonos de 4,36% a serem pagos nas folhas de setembro, outubro, novembro e dezembro. As escolas que já concederam antecipações em valor igual ou superior a 4,36% desde abril de 2023 não necessitam de pagar o abono. Escolas que concederam antecipações inferiores a 4,36% desde abril de 2023 ou concederam antecipações após abril de 2023 devem efetuar o pagamento de quatro abonos de forma a completar 17,44%. O piso da Educação Superior foi reajustado em 5,71%.

Esse acordo, considerado pela categoria como bom, não repõe todas as nossas perdas salariais desde o início da pandemia. Para a educação básica, as perdas salariais ainda são de 6,7% em relação ao salário de 1º de abril de 2019. Para a Educação Superior, as perdas são de 9,0%, considerando o mesmo período.

Ainda assim, podemos dizer que fomos vitoriosos em nossa campanha. Essa vitória só foi possível devido à pressão exercida pelos docentes em seus locais de trabalho e a caminhada junto com o Sinpro Minas na luta por melhores condições de trabalho.

Professores aprovaram também desconto de taxa assistencial, no valor de 3% dos salários de agosto e novembro em favor do Sinpro Minas. Essa taxa é fundamental para a manutenção das atividades do sindicato e lhe dará as condições de continuar defendendo os interesses da categoria.

Sinpro Minas e Uniube firmam acordo especial

O Sinpro Minas firmou acordo especial com a Uniube, em que haverá uma nova fórmula de cálculo para a concessão de Bolsas de Estudo na área de saúde. Mas as novas regras só valerão para novas bolsas. Quem já possui bolsas de estudo em qualquer curso da instituição seguirá tendo o mesmo desconto. Em contrapartida, os professores da instituição terão seus salários reajustados em 6,5%, a partir de 1º de agosto de 2023. Receberão também quatro abonos de 6,5% sobre as folhas de setembro, outubro, novembro e dezembro.

COMENTÁRIO

2 respostas

    1. Porque são Sinepes diferentes. No triângulo é outro Sinepe. Então é outro acordo. Lembramos que a categoria do Triângulo aprovou isso em assembleia. Pedimos para todos participarem sempre desde o início das assembleias pra poderarem durante as mesmas, visando a uma melhor decisão coletiva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia
Varginha