Notícias

Sinpro Minas repudia golpe no Paraguai

27 de junho de 2012

No dia 22 de junho, o parlamento paraguaio cassou o mandato do presidente Fernando Lugo, em um processo que durou cerca de 30 horas. O presidente do Paraguai sofreu impeachmeant, num processo de rito sumário sem direito de defesa, comandado pelas forças conservadoras que detêm maioria parlamentar.

 

A justificativa para a ação do parlamento paraguaio se deu a partir da comoção gerada pelo massacre, de duas dezenas de camponeses e policiais, durante uma desocupação de uma fazenda em Curuguaty, 250 km a nordeste de Assunção. A fazenda em questão é propriedade grilada por um ex-senador do Partido Colorado, tradicional partido de direita.

A diretoria do Sinpro Minas classifica a ação como um golpe de estado e manifesta-se em defesa do restabelecimento da democracia no país vizinho, unindo-se às forças nacionais e internacionais que neste momento prestam forte solidariedade ao presidente Fernando Lugo e ao povo paraguaio. Lugo foi eleito democraticamente, após 35 anos de ditadura e mais 19 anos de transição, sob o comando de um mesmo partido.

 

A exemplo do golpe ocorrido em Honduras e tentativas semelhantes na Venezuela e outros países da região, o golpe promovido pelos partidos de direita do Paraguai, com claro objetivo de atender interesses internacionais, não só traz prejuízos para o povo daquele país como representa uma ameaça às democracias e aos processos de transformações sociais dos países latino-americanos. O grave episódio coloca em alerta toda a América Latina e indica a necessidade do fortalecimento da soberania dos países do cone sul.

 

  

Diretoria do Sinpro Minas

 

 

 

 

 

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia
Varginha