Notícias

Soebras está sob a mira da Polícia Federal

27 de agosto de 2008

O jornal O Tempo publicou, nesta semana, uma série de reportagens sobre as irregularidades praticadas pelo deputado estadual Rui Muniz, responsável pela Sociedade Educativa do Brasil (Soebras). De acordo com as reportagens, o parlamentar e o seu grupo educacional, que administra diversas escolas em Minas, entre elas o Promove, estão sendo investigados pelo Polícia Federal, pelo Ministério Público Estadual e pela Controladoria Geral da União.

Atendendo a uma solicitação do Sinpro Minas, a Delegacia Regional do Trabalho (DRT) efetuou uma fiscalização em escolas do grupo em Belo Horizonte e constatou diversas irregularidades trabalhistas, como o atraso no pagamento dos salários. A instituição, que se diz filantrópica, também deixou de depositar o FGTS dos professores.

Há bastante tempo o Sinpro Minas tem denunciado as irregularidades trabalhistas praticadas pela Soebras. No momento, o sindicato tem 74 ações em andamento contra escolas do grupo.

Seguem abaixo as reportagens publicadas pelo jornal.

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Eventos
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia
Varginha