Notícias

Unincor: greve continua

8 de abril de 2014

 

Conforme decisão da assembleia realizada no dia 6 de março de 2014, os professores de Odontologia da Unincor Belo Horizonte continuam em greve. Os docentes estão paralisados há mais de um mês por melhores condições de trabalho.

A Universidade tem negligenciado os direitos previstos na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) dos professores há mais de cinco anos. A instituição demitiu quatro professores que aderiram ao movimento e tem contratado outros para substituir aqueles que estão em greve. Todas essas práticas são anti-sindicais e caracterizam o desrespeito com os professores e alunos e o descaso para com a educação.

O Sinpro Minas esclarece que a direção da Unincor veio ao sindicato duas e vezes e por duas vezes negou a motivação da greve, que abrange 90% do contingente de professores, e não apresentou nenhuma proposta para a pauta de reivindicações.

A Superintendência Regional do Trabalho (SRT) chamou a direção da Universidade para negociar juntamente com o Sinpro Minas por quatro vezes, porém a direção da instituição não compareceu em nenhuma delas, mandando apenas seu advogado, que não apresentou nenhuma proposta e não tinha autorização para negociar. A superintendência mandou fiscalizar as denúncias de violência ao direito dos professores.

Embora o sindicato esteja aberto para a negociação não há previsão de uma nova conversa entre as partes.

Amanhã, 09 de abril, na sede do Sinpro Minas, (rua Jaime Gomes, 198 – Floresta) será realizada uma nova assembléia para definir o rumo do movimento.

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Eventos
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia
Varginha