Notícias

Violência nas escolas

14 de dezembro de 2010

O presidente do Sindicato dos Professores de Minas Gerais (Sinpro Minas), Gilson Reis, esteve no Ministério Público do Trabalho (MPT), nessa terça-feira (14/12),  para uma audiência com o procurador-chefe do órgão, Arlélio de Carvalho Lage, a fim de discutir ações de combate à violência nas escolas de Minas Gerais. Gilson Reis fez um relato sobre as pesquisas realizadas pelo Sinpro Minas e a gravidade das ocorrências de violência contra os docentes, como o caso do professor Kássio Vinícius Castro Gomes, morto no dia 7/12, dentro de uma instituição privada de Belo Horizonte.Durante a conversa, surgiu a proposta de o Ministério Público do Trabalho realizar audiências públicas, em parceria com o Sinpro Minas, para debater o tema. Serão realizadas audiências em diversas regiões do estado. A primeira já está prevista para acontecer em Belo Horizonte, no dia 16 de fevereiro. O MPT também poderá enviar uma carta às escolas privadas com recomendações sobre formas de agir para combater a violência no ambiente escolar.

A visita ao Ministério Público do Trabalho está inserida dentro das ações que a diretoria do Sinpro Minas tem encaminhado para contribuir com a melhoria das condições de trabalho dos professores e por uma cultura de paz dentro das escolas.  

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Eventos
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia
Varginha