Notícias

Volta às aulas marcada por protesto contra demissões no Coleguium

3 de agosto de 2015

m.coleguium6Diretores do Sinpro Minas fizeram na manhã desta segunda-feira (3/8) um ato contra as demissões de professores ocorridas em várias unidades da rede Coleguium. O ato foi realizado em frente à unidade do bairro Ouro Preto, em Belo Horizonte, quando alunos e professores retornavam das férias escolares.

m.coleguium3

Em nota distribuída à comunidade escolar, o sindicato repudiou a postura da instituição de ensino e exigiu a reintegração imediata dos professores demitidos e a regularização de direitos trabalhistas. No dia 15 de julho, dezoito docentes da rede receberam com surpresa o aviso de demissão.

Na internet, os alunos do Coleguium criaram um abaixo-assinado para repudiar as “medidas gerenciais radicais” da escola. “Um ambiente instável certamente repercutirá no processo ensino-aprendizagem e as consequências só serão percebidas ao longo do tempo”, descreve o documento no site Petição Pública.

“A total falta de respeito aos professores ficou evidenciada ao anunciarem que o motivo das demissões foi a reclamação de alunos, justamente de professores que são referência positiva para os alunos na instituição. Está virando uma linha de produção e a qualidade de ensino ficará muito abaixo da expectativa, só questão de tempo”, comentou um pai de aluno na internet.

Desde o ano passado, a rede Coleguium está sob a gestão do Grupo Eleva, que reúne megainvestidores brasileiros da área de Educação.

Confira abaixo a nota do Sinpro Minas.

——–

À comunidade escolar

Coleguium desrespeita pais, alunos e professores

O Sindicato dos Professores repudia a demissão de vários professores da rede Coleguium. As demissões ocorreram no meio do ano, período não só prejudicial ao desenvolvimento dos alunos como de difícil recolocação dos professores em outras escolas.

Causa indignação também a forma desrespeitosa como as demissões foram justificadas pela instituição. Os professores dispensados são, em sua maioria, profissionais reconhecidos, com muitos anos de experiência em educação e vários anos de trabalho na escola.

O desrespeito é também com os pais e alunos que pagam caro em busca de uma escola de qualidade. Educação se faz com professores valorizados e condições dignas de trabalho. O Sinpro Minas conclama a comunidade escolar para ficar alerta sobre o que acontece na escola, exigindo respeito aos professores e às condições que garantam a qualidade do ensino na instituição.

Exigimos:

Reintegração imediata dos professores demitidos

Cumprimento da Convenção Coletiva de Trabalho

Tratamento respeitoso aos docentes, pais e alunos

Sindicato dos Professores do Estado de Minas Gerais (Sinpro Minas)

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Eventos
Geral
Mundo
Opinião
Opinião Sinpro Minas
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia
Varginha